7 dicas para melhorar a gestão de pessoas

7 dicas para melhorar a gestão de pessoas

Qual a importância da gestão de pessoas para a sua empresa? Você já parou para avaliar a relevância desse projeto para o seu negócio? Saiba que mesmo em uma pequena empresa, a gestão de pessoas é um fator decisivo para alcançar melhores resultados.

Infelizmente, muitas pessoas confundem essa ideia por causa de seu tamanho, mas se uma empresa tem centenas de funcionários ou uma equipe pequena com poucas pessoas, o valor da motivação e satisfação em um ambiente de trabalho é exatamente o mesmo.

Ou seja, gerenciar bem os recursos humanos do negócio e criar um ambiente rico é fundamental para conseguir obter resultados positivos.

Neste artigo, vamos falar sobre como ter uma boa gestão de pessoas em uma corporação e também, apresentar dicas sobre esta área, como se profissionalizar em um curso tecnologo de gestão de pessoas a distancia e muito mais. Continue lendo!

 

Qual a importância da gestão de pessoas?

De acordo com pesquisa realizada e publicada pela McKinsey, a motivação média dos funcionários regulares é estimada em 45 em uma escala de 0 a 100. Essa insatisfação dos funcionários é um indicativo da saúde organizacional precária de uma empresa.

Ou seja, em um mundo de milhões de trabalhadores regulares, eles têm reclamações e vão mudar de posição no mercado de trabalho logo que possível. Portanto, fica claro que um dos pilares da gestão de pessoas é a fidelização dos colaboradores, afetando a satisfação e motivação da equipe.

Incentivar que a área esteja sempre aprimorando seus conhecimentos em gestão de recursos humanos ead é uma das melhores maneiras de reter os colaboradores.

Pensando em ajudar você e sua empresa, listamos essas 7 estratégias que você pode aplicar ao seu negócio:

 

1.   Delegue com inteligência

Os projetos de uma empresa são frequentemente divididos em tarefas de natureza completamente diferente. Alguns exigem habilidades de planejamento estratégico, enquanto outros exigem mais habilidades de negociação.

Esses são apenas alguns exemplos, a realização de um projeto pode exigir os mais variados conhecimentos e habilidades. O gerenciamento eficaz de pessoas consiste em entender os pontos fortes de cada funcionário e atribuí-los precisamente às atividades que eles fazem melhor.

Dessa forma, o funcionário sente que suas habilidades são valorizadas pela empresa. E assim, pode concluir tarefas com maior qualidade em menos tempo porque é uma habilidade que ele domina.

A combinação perfeita de expertise e motivação para alimentar o trabalho em equipe que leva a resultados extraordinários para a organização.

Ao realizar um curso de gestão de pessoas é possível aprender a como identificar essas habilidades e assim, gerar mais valor para o seu time.

 

2.   Incentive a participação

Um líder pode saber muito, mas certamente não sabe tudo. Se ele estimular a participação de todos, sua visão para a empresa, o desempenho do grupo e os processos da empresa serão muito enriquecidos.

Além de obter ótimas ideias, o fato de se sentirem ouvidos leva a uma melhora perceptível no relacionamento entre a empresa e seus colaboradores. Um dos principais resultados foi o engajamento da equipe.

Por exemplo, imagine que sua equipe deseja realizar uma campanha de posicionamento da empresa. Caso haja um funcionário especializado em gestão de marketing e branding, certamente ele será uma participação essencial neste projeto.

Quando uma organização está disposta a ouvir as sugestões, ideias e até reclamações dos funcionários, ela pode encontrar soluções para muitos problemas. Lembre-se de não apenas promover a abertura, mas também recompensar as colaborações mais significativas.

 

3.   Seja estratégico ao contratar funcionários

A boa gestão de pessoas começa cedo, na hora de recrutar e selecionar aqueles que farão parte da empresa. Este é um passo fundamental na gestão, pois com base nele muitas coisas podem ser feitas no futuro e a equipe foi formada.

Nesse sentido, atrair e selecionar talentos que se alinhem aos valores e objetivos da empresa é fundamental.

Ou seja, uma equipe coesa precisa ser formada para que projetos comuns possam ser realizados de forma harmoniosa. Isso só é possível se o seu perfil de membro for compatível.

De acordo com a graduação em gestão de pessoas, essa preocupação, além de melhorar a qualidade do trabalho interno promovendo um ambiente mais colaborativo, é a base para a redução da temida rotatividade de pessoas.

Fator que prejudica a coordenação de equipes e até os orçamentos da empresa.

 

4.   Fornecer planos de carreira

Criar um ambiente produtivo, coeso e inspirador é, sem dúvida, um dos pontos mais importantes da gestão eficaz de pessoas.

No entanto, também é necessário focar em critérios mais objetivos, como salário e oportunidades de desenvolvimento de carreira.

Portanto, também é importante desenvolver um plano de carreira que utilize todos os atributos acima.

Isso porque são oferecidas condições reais para o desenvolvimento de carreira, aumentos salariais e outras diferenças, motivando e incentivando a permanência do colaborador na empresa e permitindo que ele enxergue possibilidades promissoras.

Alguns empreendedores pensam em um plano de carreira e automaticamente transferem esse tópico para a área de gestao financeira startup. Entretanto, tudo começa no planejamento de gestão de pessoas.

Afinal, o aumento salarial é o reflexo do bom rendimento que o funcionário pode vir a oferecer estando motivado e evoluindo diariamente.

 

5.   Construir conhecimento

Outra chave para o sucesso da gestão estratégica de pessoas no seu negócio é a valorização das pessoas, o reconhecimento do elemento humano na empresa.

Claro, existem várias maneiras de mostrar aos seus funcionários que você valoriza o trabalho deles e se preocupa com o desenvolvimento deles.

Uma estratégia muito interessante e produtiva é criar oportunidades para que os profissionais se aperfeiçoem, e isso pode ser feito por meio de cursos, especialização e vasta experiência, não só do ponto de vista profissional, mas também do ponto de vista pessoal.

Desenvolver o conhecimento e fornecer os meios práticos para alcançá-lo é certamente um diferencial que os profissionais valorizam muito, em alguns casos até mais do que os próprios salários ou benefícios.

Não é à toa que muitas empresas atualmente oferecem um auxílio-educação para o profissional se aprofundar no assunto que mais lhe agrada. Por exemplo, uma pessoa do setor contábil, pode utilizar o benefício para realizar um curso ead gestão financeira.

 

6.   Habilite novos métodos de trabalho

Diante do caos e do ritmo acelerado das grandes cidades, a qualidade de vida e de trabalho tem se tornado cada vez mais a principal consideração na hora de escolher uma carreira.

Muitos profissionais acreditam que o ambiente de trabalho moderno é um fator determinante na decisão de aceitar ou não uma oferta de trabalho.

Para essas pessoas, o ambiente de trabalho moderno é definido por horários flexíveis e a capacidade de trabalhar em casa.

Com a alta conectividade e o distanciamento social que vivenciamos devido à pandemia, o trabalho remoto no modelo home office se tornou essencial para os profissionais, e agora, por que não adotar esse formato?

Essa modalidade de trabalho representa inúmeros benefícios. Especialistas preveem que o trabalho remoto no Brasil pode crescer 30% pós-pandemia.

Nesse sentido, se você já testou com sua equipe, com certeza é possível investir nesse formato em sua empresa, priorizando o aumento da produtividade e satisfação dos funcionários em detrimento do que era típico de cargos anteriores, rigidez e forma.

 

7.   Trabalhe com propósito

Embora envolva poucas pessoas, usar metas também é uma alternativa interessante para gerenciar pessoas e extrair delas o máximo desempenho.

Nesse momento, trabalhar com metas claras e objetivas motiva a equipe e cria um certo senso de responsabilidade, pois as pessoas já sabem onde e quando devem estar em determinado ponto da jornada da empresa.

Um objetivo bem estabelecido precisa ser desafiador e alcançável para que o resultado desejado possa ser alcançado desde que o homem-máquina seja bem gerenciado e funcione de forma eficaz.

Claro que depende muito do ramo de atuação da sua empresa, mas podem ser criados diversos objetivos que extraem o melhor da personalidade, principalmente quando se trata de trabalho em equipe.

Abrir os parênteses e utilizar indicadores de desempenho relacionados às metas também é válido. Dessa forma, além de ser mais sensível aos pontos fortes e fracos da empresa, o monitoramento de todos os envolvidos torna-se mais prático e visível.

 

Proporcionar um ambiente de trabalho estimulante e saudável

Por fim, é preciso lembrar que talvez o maior objetivo da gestão de pessoas seja criar um ambiente de trabalho saudável e motivador.

Esse talvez seja um dos pontos que melhor reflete a produtividade e a satisfação dos funcionários. Hoje, as pessoas preferem trabalhar em um ambiente agradável, baseado na valorização e cooperação, mesmo por salários mais baixos.

Sabendo disso, é preciso investir na melhoria do clima organizacional que estimule os valores e atributos certos — como boa comunicação, participação e liberdade — para tornar o ambiente mais coeso e adequado ao bom trabalho.

Isso porque ter uma equipe motivada, engajada e feliz é a forma mais econômica e eficiente de melhorar a qualidade da entrega e o desempenho da empresa.

É importante conhecer seus funcionários para saber o que eles consideram uma recompensa gratificante. Além das diferentes perspectivas geracionais, as próprias diferenças de personalidade também podem influenciar essas preferências.

Enquanto alguns valorizam apenas recompensas como bônus ou promoções, outros são motivados por recompensas como viagens. 

Há também um grupo de pessoas que aprecia oportunidades de desenvolvimento profissional, como auxílio financeiro para cursos ou estágios internacionais. 

Portanto, um gerente realmente precisa conhecer sua equipe para ajustar seu pacote de recompensas com base nessas expectativas individuais e, ainda, ter funcionários capacitados em uma administração financeira faculdade.

Celebrar vitórias faz com que as pessoas se sintam reconhecidas por seus esforços. A comemoração marca o fim de um ciclo que, embora simbólico, tem o efeito de renovar as energias.