Como é feita a limpeza de fachadas de prédios?

Limpeza de prédios

A limpeza de fachadas de prédios é algo que muitas vezes é negligenciado pelo síndico ou responsável pelo condomínio. Porém, o que deve se considerar é que as fachadas são o cartão de visitas de um local, seja comercial ou residencial. 

Além disso, é fácil observar que um prédio com as fachadas limpas e bem cuidadas possuem as salas e apartamentos mais valorizados, pois chamam mais a atenção dos visitantes, locatários e compradores. Sabemos também que, uma fachada bem cuidada causa melhor impressão daquele que olha, repassando a imagem de limpeza, organização e, até mesmo, segurança. 

Por isso, hoje vamos falar de como é feita a limpeza de fachadas de prédios. Para isso, vamos considerar as características, os materiais usados na construção e a segurança dos profissionais que vão realizar essa limpeza. Leia até o final para entender melhor sobre o tema. 

O que é avaliado antes da limpeza de fachadas de prédios?

Inicialmente, é importante considerar que os equipamentos de proteção individual (EPI) são essenciais. Afinal, a segurança do profissional deve ser prioridade e uma queda de uma grande altura causa muitos ferimentos, não é mesmo?

Além disso, para a limpeza de fachadas de prédios, deve ser considerado o material da construção, pois cada material precisa de um tipo de limpeza diferente. Também deve considerar a altura do prédio, além do grau de sujeira e a acessibilidade. Essa acessibilidade se refere à facilidade do trabalhador em ter acesso à toda a fachada. 

Mas, como é realizada a lavagem da fachada? Vamos te contar no próximo tópico, por isso continue sua leitura. 

Como é feita a lavagem da fachada?

Após a avaliação do grau de sujeira, acessibilidade, altura do prédio e o tipo de revestimento da construção, o profissional vai escolher qual forma de lavagem é a mais adequada para o prédio e quais as ferramentas e produtos químicos vai usar. 

Os produtos mais usados para a limpeza de fachadas de prédios são escovas, brochas, detergentes biodegradáveis e hidrojateamento. Rodos também são usados quando o revestimento da construção é de vidro. Eles fazem a secagem e evitam manchas.  

É importante que o profissional analise o revestimento da construção para utilizar os produtos químicos mais adequados. Afinal, alguns produtos químicos deterioram a construção e por isso não são indicados para todos os tipos de revestimentos. 

Considerando a altura do prédio e a acessibilidade, a lavagem pode ser feita com cabos extensores que são acoplados nas escovas, brochas e rodos. Pode ainda ser feita através de andaimes ou por equipamentos de rapel, o que chamamos de alpinismo industrial. 

Há ainda os balancins. Eles são usados quando é necessário que o profissional se mova horizontalmente na fachada do prédio. Eles são suspensos por cordas e possuem motor elétrico para facilitar o movimento do equipamento. 

Mas, a altura do prédio interfere no trabalho que será realizado?

Sim, interfere e muito! A altura do prédio define a maneira que o profissional irá realizar a prestação do serviço. 

Nos prédios de até 9 metros de altura, a limpeza é feita com o uso de extensores dos cabos das vassouras, brochas e rodos. Esses extensores são montados diretamente no chão. 

Acima dessa altura, será necessário a utilização de andaimes e equipamentos de rapel, ou alpinismo industrial. Com esses equipamentos o profissional vai realizar a limpeza pendurado por equipamentos de proteção individual para trabalhos em altura, regulados pela NR-35.

Para a segurança do profissional, esses equipamentos são muito importantes. Equipamentos como ancoragem, cinturão de segurança, talabarte, escadas, trava-quedas, absorvedor de energia e luvas de segurança são alguns exemplos.

Mas fique atento. O profissional deve usar os equipamentos de proteção mesmo no chão. Luvas, óculos de proteção, capacetes e botas são alguns exemplos de equipamentos necessários. 

Além disso, a altura do prédio também vai influenciar no valor da prestação do serviço, pois quanto mais complexo, maiores os ricos e o orçamento. 

Com que frequência deve realizar a limpeza de fachadas de prédios?

A limpeza de fachadas de prédios é muito importante para a estética. A limpeza também é importante para a manutenção da construção, pois a fachada fica conservada por mais tempo. Além disso, durante a lavagem é possível verificar possíveis fatores que podem deteriorar mais rápido a construção. Desse modo, o síndico ou responsável pode providenciar a reforma antes de danos mais graves. 

Dessa forma, não é possível afirmar a frequência em que a limpeza de fachadas de prédios deve ser feita. Um profissional capacitado deverá avaliar o tipo de revestimento da construção, a data da última limpeza e o grau de sujeira da fachada. 

Além disso, o profissional irá avaliar o local onde o prédio está inserido, pois locais com muita movimentação de veículos necessitam de limpeza com maior frequência, pois existem muitos poluentes que influenciam na deterioração da fachada. 

Porém, deve-se considerar que quanto maior o prazo entre uma limpeza e outra, mais caro será o serviço, pois haverá muito acúmulo de sujeira. Por isso, o mais indicado é a limpeza para manutenção e prevenção, realizada em menores espaços de tempo. 

Conclusão

Agora que você sabe como é feita a limpeza de fachadas de prédios! Assim, poderá contratar uma prestação de serviços com qualidade e segurança. Além disso, vai poder agregar maior valor ao prédio e cuidar de sua estética e manutenção.