Como treinar a mente para ter foco?

Como treinar a mente

Se você sempre admirou aquelas pessoas que têm muita concentração para realizar todas as tarefas, saiba que é possível treinar a mente para ter foco. Ou seja, qualquer um pode melhorar suas habilidades de concentração e foco. 

Muitas atividades são feitas rapidamente, no famoso “modo automático”, mas nem tudo pode ser resolvido desta forma. Existem tarefas que precisam de total foco e concentração, para garantir que nada saia errado. 

Mas nem sempre é fácil se concentrar, afinal, são tantas as distrações, barulhos, metas…. Porém, não se preocupe: neste artigo, separamos técnicas comprovadas cientificamente para treinar sua mente para ter foco. Confira! 

Como é possível treinar a mente para ter foco?

Eficiência é uma palavra muito prezada, seja no trabalho ou nos estudos. Por isso, muitos tentam fazer várias atividades ao mesmo tempo, tudo para poupar tempo e produzir mais. Mas segundo o médico e pesquisador Marcelo Demarzo, o multitasking – o ato de fazer várias atividades ao mesmo tempo – é muito ruim para a eficiência do próprio trabalho. 

Isso porque, de acordo com ele, a mente precisa de um tempo para ficar completamente focada em uma atividade, mas, quando uma interrupção acontece, o cérebro pode demorar até 10 vezes para focar novamente. 

Partindo das premissas que é preciso fazer uma coisa de cada vez e que o foco é uma habilidade passível de desenvolvimento, como treinar a mente para ter foco? 

Mindfulness para ajudar na concentração

Já ouviu falar de mindfulness? É o termo em inglês para designar a atenção plena, prática que é comprovadamente benéfica para a saúde e aumenta o desempenho. 

O mindfulness tem vários exercícios, alguns são como meditações, provocando a neuroplasticidade, que nada mais é do que a adaptação cerebral, para fazer com que ele volte a ter mais foco. Assim, com concentração no que é importante, as distrações tornam-se mais esparsas, até que são completamente ignoradas. 

Uma das técnicas mais praticadas é a da respiração. De olhos fechados, a pessoa deve prestar atenção no corpo, em sensações físicas ou mesmo em seus pensamentos. Depois, deve focar na respiração, para em seguida perceber os sons e sensações do local em que se está.

Estes exercícios de percepção, promovidos pelo mindfulness, permitem que a mente perceba tudo, mas preste atenção apenas naquilo que é fundamental. Dessa forma, ao praticar exercícios diariamente, o cérebro aumenta seu foco no que é importante para completar uma tarefa. 

Poder da visualização

A visualização não é só um recurso da Lei da Atração, mas realmente pode te ajudar a manter o foco. Dessa forma, ao criar imagens mentais sobre o que precisa ser feito e quais as consequências positivas da finalização de uma atividade, você tem mais motivação para realizar as atividades. 

Evite distrações

Pode parecer óbvio, mas alguns preferem manter um ambiente caótico para evitar o tédio. No entanto, às vezes, é justamente o ambiente cheio de distrações que diminui sua produtividade e foco. 

Mantenha seu local de trabalho ou estudo organizado, a mente reflete seu espaço. Além disso, evite também olhar as notificações do celular, já que para responder um simples e-mail, você pode ir para outra rede social e ficar horas vendo vídeos, posts engraçados ou qualquer outra coisa que tire seu foco. 

Faça pequenas pausas estratégicas

Se responder às notificações é parte do seu trabalho, crie uma agenda com pausas estratégicas. Assim, a cada uma hora de foco em alguma tarefa, tenha cinco ou dez minutos de pausa, que podem ser usados para verificar o celular. Mas não se esqueça de voltar à atividade principal após o período de pausa.  

Além disso, as pausas são necessárias. Ficar mais de uma hora em uma mesma atividade também causa diminuição da produtividade, uma vez que, segundo estudo da Universidade de Illinois, a mente começa a apresentar um decréscimo no poder de vigilância, ou seja, perda de foco com o passar das horas, se não há intervalo. 

Planejamento e autoconhecimento

Para treinar a mente, primeiro a pessoa interessada deve se conhecer. Assim, reconhecer suas falhas e seus pontos fortes, saber onde precisa trabalhar e o que funciona melhor para si mesmo é fundamental. 

Algumas pessoas funcionam melhor durante o dia, enquanto outras, à noite. Por isso, escolha o período em que se sente mais ativo e cheio de energia para realizar as atividades que levam mais tempo ou são mais difíceis. 

Use o período com menos energia para tarefas mais simples. Dessa forma, conhecer-se é essencial para fazer todos os planejamentos do dia e escolher o melhor momento de realizar uma tarefa e cumpri-la até o fim. 

Viu como não é difícil treinar a mente para ter mais foco? Claro que tudo isso requer tempo e prática, mas todas as habilidades são desenvolvidas dessa forma. Então bom foco!