5 dicas para fazer prospecção no Linkedin e gerar mais leads!

5 dicas para fazer prospecção no Linkedin e gerar mais leads!

Todo bom vendedor aproveita as oportunidades oferecidas pela tecnologia. Seja com CRM de vendas, inteligência artificial, automação de processos e qualquer ferramenta que facilite e agilize qualquer etapa do processo de vendas.

 

Entre essas ferramentas há a prospecção no Linkedin. Ele é uma rede profissional com mais de 774 milhões de usuários no mundo, que tem como missão corporativa “conectar profissionais do mundo todo, tornando-os mais produtivos e bem-sucedidos”.

 

Ou seja, todos os seus clientes estão lá. Por isso é a plataforma perfeita para utilizar técnicas de vendas e praticar o marketing de conteúdo nas suas postagens.

 

Ficou curioso? Entenda como fazer uma prospecção no Linkedin em um passo a passo prático e eficiente. 

 

Prospecção no Linkedin: como fazer?

A prospecção de clientes é a primeira etapa do seu funil de vendas. Normalmente, o processo comercial começa com bastante leads cadastrados e sendo alimentados com conteúdos e suporte de qualidade.

 

Tudo para guiá-lo pela jornada de compra do consumidor, realizar a venda e fidelizar o cliente.

 

Porém, não basta focar apenas na quantidade de leads captados, mas também na qualidade deles. Quanto mais adequados eles forem para a sua marca, mais fácil será fechar o negócio futuramente.

 

Por isso é necessário aprender como gerar mais leads de qualidade e construir um bom relacionamento com eles por diversos canais de contato, aproveitando as diferentes possibilidades que cada um oferece.

 

Aprenda agora em um passo a passo prático e direto como fazer uma eficiente prospecção no Linkedin.

 

  1. Seu perfil, seu cartão de visitas

O preenchimento do seu perfil deve ser atrativo o suficiente para passar confiança, credibilidade e autoridade. 

 

Quando criado de forma estratégica, o seu perfil no Linkedin surpreende o visitante e contribui para a futura construção de relacionamento.

 

  • Escolha uma foto profissional, de alta qualidade, que transmita a sua identidade.
  • Inclua certificados e cursos realizados – isso aumenta a credibilidade profissional.
  • Não se esqueça de incluir nas atividades dos cargos ocupados os sistemas tecnológicos você tem domínio ou algum tipo de conhecimento.
  • Escreva detalhadamente o produto ou o serviço que você vende, segmentando clientes qualificados que podem interagir com você.
  • Destaque as soluções que você oferece, não apenas características técnicas dos produtos e serviços.

 

  1. Procure contatos para a sua rede

Antes de adicionar outros profissionais ao seu perfil e iniciar a prospecção no Linkedin, entenda como essa rede social funciona.

 

Há três tipos de conexões:

  • 1º grau: quem já faz parte da sua rede;
  • 2º grau: o profissional que está conectado com alguém que está na sua rede contato (sua conexão de 1º grau);
  • 3º grau: são os profissionais que fazem parte da rede dos contatos de 2º grau em relação a você.

 

Por meio dessa rede de conexões, é possível seguir um caminho e descobrir mais potenciais clientes por meio de clientes antigos. Ou seja, há muitas possibilidades de networking dentro do Linkedin. 

 

Acompanhe também perfis de profissionais renomados na sua área, empresas e instituições, que compartilhem conteúdos relevantes para se manter atualizado.

 

Quer um exemplo? Se você vende uma plataforma de RH, busque por gerentes, coordenadores, gestores e profissionais do setor de recursos humanos.

 

Crie uma lista de empresas que façam parte do seu público e busque pelo nome de cada uma delas no campo de busca. Dessa forma, você terá opções de pessoas que trabalham nela. Agora é só analisar os perfis e entender se vale a pena realizar o primeiro contato.

 

Como fazer uma busca avançada e de qualidade para a prospecção no Linkedin? Basta escolher a ferramenta de busca e escolher entre os diversos filtros que ela oferece. Como filtro por empresa, localização, setor de atuação, cargo de ocupação, entre outros.

 

  1. Faça o convite

Chegou o momento de selecionar quem são os clientes potenciais e enviar convites. Confira algumas dicas:

  • personalize sempre a mensagem enviada;
  • agradeça caso o profissional aceite o seu convite;
  • faça o primeiro contato.

 

  1. Construa um relacionamento

Como você vai fazer uma prospecção no Linkedin se os novos contatos não conhecem você e o seu trabalho? Por isso, inicie uma conversa amigável com o cliente potencial. Mostre quais soluções sua empresa oferece para resolver problemas do cliente. 

 

Há algumas formas de interagir com o cliente, mas, antes, analise o seu perfil para entender melhor as suas necessidades e possibilidades de crescimento.

 

Depois disso feito, comece a interagir com seu lead. Comente algo que chamou a sua atenção em algum post dele e forneça conteúdo relevante sobre esse assunto, como e-books, vídeo, publicação no blog ou no site da empresa.

 

O envio de material rico em informações importantes para o cliente gera uma conexão e confiança na relação. Ele sabe que pode confiar em você. A partir daí, abre-se a possibilidade de marcar uma reunião presencial ou online.

 

  1. Invista no marketing de conteúdo

A prospecção no Linkedin fica completa quando você compartilha insights, textos do blog da sua empresa com a sua opinião sobre o assunto ou notícias do setor no seu perfil.

 

Pois, dessa forma, você divulga conteúdo de qualidade que é produzido pela sua empresa, e gera mais confiança, autoridade e credibilidade. 

 

Aproveite os comentários e as curtidas nos posts para oferecer um conteúdo mais aprofundado sobre o assunto que o cliente potencial se interessou. 

 

O objetivo é sempre postar algo que agregue valor ao seu público.

 

Outra forma de amplificar o acesso ao blog e ao site da sua empresa é participar de grupos para prospecção no Linkedin.

 

Além disso, os grupos contribuem para você entender comportamentos, problemas e necessidades dos clientes. Seja ativo, participe e adicione possíveis leads.

 

Prospeção no Linkedin pode assustar quem não está acostumado a usar redes sociais, ainda mais com objetivo profissional. Por isso, a própria plataforma oferece muito conteúdo de qualidade sobre as melhores práticas para adotar em sua rede, com cursos, artigos e vídeos, inclusive mostrando cases de sucesso.

 

E você, já tem um perfil nessa rede social? Já fez alguma prospecção no Linkedin? Siga essas dicas e entenda como agregar valor traz benefícios para gerar mais leads de qualidade e aumentar as vendas.